sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Carta de despedida

Amor, meu ex-amor,
Me desculpe por essas maus traçadas linhas,mas é com muita dor que me despeço de você.
Sei que você não tem culpa de nada, fez o que foi possível, mas para mim esta sendo impossível conviver com você.
Acho que o amor dura o que tem que durar, sei que você pode estar me achando fria, mas foi assim que me conheceu e aceitou no inicio.Nossas brincadeiras, nossos diálogos, infelizmente tudo isso ficou para traz.
Até certo ponto fico um pouco na duvida se realmente eu quero me separar de você, mas eu sei que no fundo é isso que você também quer, ficamos nos enrolando e vamos deixando o tempo passar, não vou admitir mais nossa infelicidade, não vou conseguir te falar isso pessoalmente, pois sei que mesmo não te amando mais como antigamente, toda relação continua tendo muito carinho, e é por isso que ficamos parados estáticos esperando o tempo passar.
Quando você chegar do trabalho, não vou estar mais aqui, já terei pegado minhas malas e caminhado para mais um passo decisivo, não  sei se vou aguentar e daqui a pouco te pedir perdão, mas temos que descobrir se nossos caminhos vão continuar separadas ou se no futuro iremos nos encontrar, e ver que sempre nos amamos e que nascemos um pro outro.
Mesmo assim neste momento temos que dar um novo rumo em nossas vidas, se for pra melhorar, melhor! Beijos de um grande ex-amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário