terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Carta de amor numero dois

Querida,
Muito difícil pra mim,pegar essa folha de papel e caneta e começar a te escrever.
A gente só conversa por telefone, e-mail, mas hoje resolvi, que escrever é melhor, as folhas de papel ainda continuam sendo a parte mais secreta de uma paixão, aqui ninguém vai poder deletar, quando eu caminhar até o correio só você vai poder ler isso que estou te escrevendo.
Assim é o meu amor por você, grande igual essa minha letra, tá difícil escrever, de tanto digitar as pessoas perderam o abito de escrever, se facilitar deve ter pessoas que saíram do colégio e nem sabem escrever com lápis ou caneta.
Mas voltando ao meu amor por você, ele é único, tó querendo que você acredite nele, as vezes corremos tanto, os momentos juntos não deixam transparecer nossos sentimentos, mas eles estão na nossa carne.
Querida, gosto de te chamar de querida, porque além de você ser o meu amor, é muito minha querida.
Amanha vou estar longe, devo ficar dois dias fora, mas esta carta vai chegar até você enquanto eu estiver viajando, quero que você a leia com calma, e saiba que eu vou, mas vou voltar, mais e mais cheio de amor e carinho, quero que esse ano que esta terminando seja só o começo do nosso ideal de vida, quero passar todos os próximos anos ao seu lado, compartilhando tudo com você, sentindo seu cheiro, aprendendo a conviver com seus defeitos e os meus.
Amor, além de ser uma grande paixão também tem que ser um grande compartilhamento, de emoções, de alegrias, aspirações, desejos, paz principalmente, é isso que eu vou e quero ser pra você.
minha querida, minha grande querida. Te amo!!Muitos e muitos beijos, estou indo,mas também estou quase voltando. Até logo, até breve!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário